Gestão de pessoas do Brasil em uma América Latina polarizada

Elza Fátima Rosa Veloso, Leonardo Nelmi Trevisan, Wilson Aparecido Costa de Amorim, Rodrigo Cunha da Silva, André Luiz Fischer, Joel Souza Dutra

Resumo


Este artigo fornece uma visão sobre estratégias de recursos humanos das empresas brasileiras em uma região da América Latina polarizada. Em primeiro lugar, salientamos as preocupações dos gestores brasileiros a respeito dos próximos anos e identificar a abordagem estratégica atual de empresas de destaque no mercado brasileiro. E segundo, identificamos possíveis estratégias de internacionalização, em particular no contexto da América Latina. Foram utilizados os resultados de duas pesquisas: uma delas de prospecção tendências de gestão de pessoas até 2015, e outra constituída por uma amostra de 541 empresas que participam de uma pesquisa de âmbito nacional, em que gestores de recursos humanos foram submetidos a um questionário. Entre os resultados, destaca-se que os principais temas de preocupação dos gestores brasileiros nos próximos anos. Encontramos o maior número de empresas atentas por estes desafios nos setores da indústria de tecnologia informática; siderurgia e metalurgia; e serviços de saúde. 49 do total de 541 empresas pretendem se internacionalizar, 17 delas, rumo a países latino-americanos. Nas caracterizações de perfil dessas empresas, foi possível dividi-las em dois grupos: aquelas com foco nas necessidades locais das populações latino-americanas e aquelas que procuram atender às necessidades de expansão do Brasil ou sede da empresa.


Palavras-chave


América Latina; Gestão de Recursos Humanos; Estratégias de Recursos Humanos; Internacionalização

Texto completo:

PDF English / (English)

Referências


ALBUQUERQUE, L. G. Gestão Estratégica de Pessoas, in FLEURY, M. T. L. (Ed.), As pessoas na organização. 1 ed.. São Paulo, SP: Editora Gente, p. 35-50, 2002.

AGUZZOLI, R. L., ANTUNES, E. D. and LENGLER, J. F. B. Gestão de Pessoas: como Multinacionais Brasileiras Gerenciam seus Trabalhadores no Exterior? in Anais do XXXI Enanpad, Brasil, 2007, Rio de Janeiro, 2007.

AMORIM, D. Salário médio cai com avanço dos serviços, O Estado de São Paulo, January 2, p. B3. Disponível em: Acesso em: 28/01/2012

ARRIGHI, G. O longo século XX. São Paulo, SP: UNESP, 1996.

ARRIGHI, G. Adam Smith em Pequim: os fundamentos do século XXI, São Paulo: UNESP, 2008.

INTER-AMERICAN DEVELOPMENT BANK - IDB. Inovar é a chave para um desenvolvimento sustentável da América Latina e o Caribe. Disponível em: Acesso em: 20/02/2012.

BARRETO, L. M. T. S., SILVA, M. P., FISCHER, A.L, DUTRA, J. S., VELOSO, E. F. R. and AMORIM, W. A. C. Gestão de pessoas: projetando desafios e tendências para 2015 in Anais do Eneo, Brasil, 2010, Florianópolis, SC, 2010.

BREWSTER, C., SPARROW, P. and HARRIS, H. Towards a new model of globalizing HRM. The International Journal of Human Resource Management, v. 16, n. 6, p. 949-970, 2005. doi: http://dx.doi.org/10.1080/09585190500120590

CAMARGO, J. M., NERI, M. REIS, M. C. Emprego e Produtividade no Brasil na década de 1990 In Baumann, R (Org.), Brasil: Uma década em transição. Rio de Janeiro, RJ: Campus, 2000.

CEPAL – Comissión Económica para la América Latina. La hora de la igualdad: brechas por cerra, caminos por abrir, CEPAL, Santiago, 2010a.

CEPAL – Comissión Económica para la América Latina. La República Popular China y América Latina y el Caribe: hacia uma relación estratégica, CEPAL, Santiago, 2010b.

CHIARA, M. Commodities já são 69% das exportações. O Estado de São Paulo. Disponível em: Acesso em: 20/04/2011

COLLINGS, D. G. and MELLAHI, K. Strategic talent management: A review and research agenda. Human Resource Management Review, v. 19, n. 4, p. 304-313, 2009. doi: 10.1016/j.hrmr.2009.04.001

COLLINGS, D. G., SCULLION, H. and DOWLING, P. J. Global staffing: a review and thematic research agenda. The International Journal of Human Resource Management, v. 20, n.6, p. 1253-1272, 2009. doi: 10.1080/09585190902909806

EUROFOUND - European Foundation for the Improvement of Living and Working Conditions. Europe at work: better life and opportunities for all, Four-year work programme, Dublin/Ireland, 2009-2012, 2009.

FURTADO, C. Formação Econômica do Brasil. São Paulo, SP: Nacional, 1968.

GREMAUD, A. P.; SAES, F.A.M.; TONETO Jr. Formação Econômica do Brasil. São Paulo, SP: Atlas 1997.

HILLS, A. Succession planning – or smart talent management?. Industrial and Commercial Training, v. 41, n. 1, p. 3-8, 2009.

IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Mensal de Emprego, Referência Brasil em síntese. Disponível em: Acesso em: 03/12/2012

IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Mensal de Emprego, Referência Microdados. Disponível em: Acesso em: 03/03/12.

IZQUIERDO, T.; TALVI, E. One Region, Two Speeds? Challenges of the New Global Economic Order for Latin America and the Caribbean. Disponível em: Acesso em: 15/03/2012.

MACHADO, T. Entre 2003 e 2011, rendimento dos sem carteira cresceu muito mais, Valor Econômico, January 29, p. a12. Disponível em: Acesso em: 30/01/2012. 2012).

MANPOWER. Resultados da pesquisa escassez de gestão de talentos em 2011. Disponível em: Acesso em: 14/03/2012.

MDIC, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Referências Estatísticas de Comércio exterior DEPLA. Disponível em: Acesso em: 03/03/2012.

MEYSKENS, M, VON GLINOW, M. A., WERTHER, Jr, WILLIAM, B. and CLARKE, L. The paradox of international talent: alternative forms of international assignments. The International Journal of Human Resource Management, v. 20, n. 6, p. 1439-1450, 2009. doi: 10.1080/09585190902909988

MORENO, L. A. O desenvolvimento brasileiro e o BID. VELOSO, J. P. R. e ALBUQUERQUE, R. C. (coord.). Chegou a vez do Brasil? Oportunidade para geração de brasileiros que nunca viu o País crescer. Rio de Janeiro, RJ: José Olímpio Editora, 2007.

OCAMPO, J. A. A macroeconomia da bonança latino-americana. Revista CEPAL, edição especial, p 77-100, 2010.

OSLAND, A.; OSLAND, J. S. Contextualization and strategic international human resource management approaches: the case of Central America and Panama. The International Journal of Human Resource Management. v. 16, n. 12, p. 2218-2236, 2005. doi: 10.1080/09585190500358653

PAULINO, J. A. O Brasil e a nova divisão internacional do trabalho. Economia Brasileira, da colônia ao governo Lula. São Paulo, SP: Saraiva, 2010.

PORTAL EXAME. Website of Revista Exame da Editora Abril. Disponível em: Acesso em: 03/02/2011.

PROGEP – Programa de Estudos em Gestão de Pessoas – FIA – Fundação Instituto de Administração. Delphi RH 2010. PROGEP-FIA, São Paulo, SP.

PUDELKO, M.; HARZING, A. Country-of-origin, localization, or dominance effect? An empirical investigation of HRM practices in foreign subsidiaries. Human Resource Management, v. 46, n. 4, p. 535-559, 2007. doi: 10.1002/hrm.20181

QUEIROZ, A. C. S.; LEITE, N. P. Programa de sucessão na visão estratégica de recursos humanos, in ALBUQUERQUE, L. G.; LEITE, N. P. (Ed.). Gestão de pessoas: perspectivas estratégicas. São Paulo, SP: Atlas, 2010.

REICHE, B. S. The effect of international staffing practices on subsidiary staff retention in multinational corporations. The International Journal of Human Resource Management, v. 18, n. 4, p. 523-536, 2007. doi: 10.1080/09585190601178711

ROBLES, F. Firm Strategy in A Polarized Latin American Region, in AIB-Latin American Chapter Conference, United States, Miami, April 20-22., 2012.

SHRM - Society for Human Resource Management. 2015: Scenarios for the future of human resource management. Set, 2005.

SHRM - Society for Human Resource Management. The 2007-2008 workplace trends list: the top trends according to SHRM’s Special Expertise Panels, 2007.

SHRM - Society for Human Resource Management. Workplace forecast. Jun, 2008.

STIGLITZ, J. E. Os exuberantes anos 90. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 2003.

WERTHEIR, J. E.; CUNHA, C. Educação e Conhecimento A experiência dos que avançaram. Brasília, DF: UNESCO, 2004.

WORLD ECONOMIC FORUM, The Global Competitiveness Report 2011–2012. Disponível em: Acesso em: 25/02/2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.18568/1980-4865.931-15

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Internext

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

INTERNEXT (e-ISSN: 1980-4865)

ESPM | Escola Superior de Propaganda e Marketing 

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.


Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Cep: 04018-010 - e-mail: internext@espm.br

Indexadores e Diretório: