Sinergias de organizações em redes: a simbiose do agente na firma

José Antonio Orellana Pino, Cristian Eugenio Orellana Pino

Resumo


A divisão das tarefas, particularmente em situações que a requeiram, torna-se altamente eficiente quando a gestão enfoca as atividades em processos estratégicos de relacionamentos de redes. Ao observar o setor produtivo que orienta a estratégias para a formação de alianças e relacionamentos permanentes, as empresas junto a fornecedores e clientes enfocam as oportunidades em novos mercados. Criam-se, portanto novos empreendimentos que estimulam a expansão de parcerias e redes econômicas de relacionamentos para desenvolver atividades comuns. O fortalecimento destes laços não garante o empowerment dos membros da rede, e sim estimula a competitividade junto a uma colaboração construtiva dos shareholders (GRAY & WOOD 1991) e a participação nas decisões estratégicas. As distintas visões por parte dos membros fazem da rede um laço simbiótico participativo nas escolhas dos mercados alvos e, portanto, complementam o tipo de portfolio da firma na rede.

Palavras-chave


Redes; Firma; Simbiose; Agente; Portfolio.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/1980-4865.32250-266

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Internext

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

INTERNEXT (e-ISSN: 1980-4865)

ESPM | Escola Superior de Propaganda e Marketing 

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.


Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Cep: 04018-010 - e-mail: internext@espm.br

Indexadores e Diretório: