Avaliação comparativa do escopo descritivo e explanatório dos principais modelos de internacionalização de empresas

Jorge Manuel Teixeira Carneiro, Luis Antônio Dib

Resumo


Este artigo aborda seis teorias consagradas sobre internacionalização - Teoria do Poder de Mercado, Teoria da Internalização, Paradigma Eclético, Modelo de Uppsala, Perspectiva de Networks e Empreendedorismo Internacional - e sua contribuição para responder cinco questões básicas: por que, o quê, quando, onde e como as empresas internacionalizam (suas atividades). Não são revistas as limitações conceituais e metodológicas de cada teoria, já exploradas pela literatura existente na área. Optou-se pela adoção de uma perspectiva comparativa, que aponta as limitações descritivas e explanatórias das teorias consideradas em relação às questões analisadas. Sugere-se que uma nova teoria geral ou teorias específicas seriam necessárias para lidar com a crescente complexidade e variabilidade dos processos de internacionalização das empresas, que não são adequadamente descritos ou explicados por nenhuma das teorias aqui analisadas.

Palavras-chave


Internalização; Networks; Mercado Internacional; Empreendedorismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/1980-4865.211-25

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Internext

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

INTERNEXT (e-ISSN: 1980-4865)

ESPM | Escola Superior de Propaganda e Marketing 

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.


Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Cep: 04018-010 - e-mail: internext@espm.br

Indexadores e Diretório: