Atributos da imagem do país de origem como fonte de vantagem competitiva: estudo no segmento internacional da moda brasileira

Mariana Bassi Sutter, Edison Fernandes Polo, Maria Laura Ferranty Maclennan

Resumo


O estudo buscou compreender quais e se atributos da imagem do país de origem representam fonte de vantagem competitiva no mercado internacional no contexto da moda brasileira. Levantou-se o referencial teórico relacionado às fontes de vantagens competitivas, à imagem do país de origem, à brasilidade e aos seus atributos na moda. Realizou-se pesquisa empírica exploratória de abordagem qualitativa. Os resultados sugerem que a imagem do Brasil é entendida pelo mercado internacional da moda em conformidade com os atributos da literatura. No entanto, (i) na moda, o mercado ainda não tem um conceito formado sobre a imagem do Brasil; (ii) os atributos da brasilidade na moda podem ser fonte de vantagem competitiva em transações internacionais se forem comunicados e compreendidos pelo mercado internacional; por fim, (iii) dentre os oito atributos brasilidade na moda identificados na literatura, quatro foram destacados como diferenciadores: forma e volumes, cores, estampas e estilo de vida.


Palavras-chave


Vantagem competitiva; Imagem do País de Origem; Moda; Brasilidade

Texto completo:

PDF English / (English) PDF

Referências


AGRAWAL, J.; KAMAKURA, W. A. Country of origin: A competitive Advantage? International Journal of Research in Marketing. vol. 16, p. 255-267, 1999. DOI: 10.1016/S0167-8116(99)00017-8.

AGUIAR, I.; CALDAS, A. A Influência da Cultura Indígena na Indumentária. In: COLÓQUIO NACIONAL DE MODA, 2., de 03 – 06 out. 2006, Salvador. Anais eletrônicos.... Salvador: Colóquio Nacional de Moda, 2006. CD-ROOM.

AGENCIA BRASILEIRA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÃO E INVESTIMENTOS - APEX, Exportação, setores, moda, 2012. Disponível em: . Acesso em: 18/04/2012.

AVELAR, S. Moda, globalização e novas tecnologias. São Paulo: Estação das Letras de Cores, 2009.

BARNEY, J. Firm Resources and Sustained Competitive Advantage. Journal of Management. vol. 17, no. 1, p. 99 – 120, 1991. DOI:10.1177/014920639101700107

BARNEY, J. B.; HESTERLY, W.S. Administração Estratégica e Vantagem Competitiva. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

BASTIDE, R. Brasil Terra de Contrastes. São Paulo – Rio de Janeiro: Diefel/difusão editorial S.A., 1980.

BONADIO, M. C.; GUIMARÃES, M. E. A. Alceu Penna e a construção de um estilo brasileiro: modas e figurinos. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, vol. 16, n. 33, p. 145-175, jan./jun. 2010.

BRAGA, J. Reflexões sobre moda, vol. III. 2ed. São Paulo: Ed. Anhembi Morumbi, 2008.

______. Herança. In: B+ Inspiração Brasil verão 2011. ABEST, jun 2010.

BILKEY, W. J.; NES, E. Country-of-Origin Effects on Product Evaluations. Journal of International Business Studies. vol.13, no.1, p.89–100, 1982.

CALDAS, M. P. Conceptualizing Brazilian Multiple and Fluid Cultural Profiles. Management Research: The Journal of the Iberoamerican Academy of Management. vol. 4, no.3 Iss: 3, p. 169-180, 2006. DOI: 10.2753/JMR1536-5433040303

CASTILHO, K.; GARCIA, C. (orgs). Moda Brasil – fragmentos de um vestir tropical. São Paulo: Anhembi Morumbi, 2001.

CENTENO, G. C. O Brasil na moda: novas representações do consumo e promoção da brasilidade. In: COLÓQUIO NACIONAL DE MODA, 6., 12-15 set., 2010. São Paulo. Anais Eletrônicos... São Paulo: Colóquio de Moda, 2010. CD-ROOM.

CHATAIGNIER, G. Fio a Fio – Tecidos, Moda e Linguagem. São Paulo: Estação das Letras, 2006.

COSTA, A. C. R. da; ROCHA, R. P. da. Panorama da Cadeia Têxtil e de Confecções e a Questão da Inovação. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 29, p. 159-202, mar. 2009.

CUERVO-CAZURRA, A. Extending theory by analyzing developing country multinational companies: Solving the Goldilocks debate. Global Strategy Journal, vol, 2, no. 3, p. 153-167, 2012. DOI: 10.1111/j.2042-5805.2012.01039.x

DÓRIA, C. Bordado da fama, uma biografia de Dener. Senac 1998.

DUNNING, J. H. The theory of international production. The International Trade Journal, vol. 3, no. 1, p. 21-66, 1988. DOI: 10.1080/08853908808523656.

FASHION FORWARD. 2012. Disponível em: < http://www.ffw.com.br>

FEGHALI, M. K. As engrenagens da moda. Rio de Janeiro: Ed. Senac Rio, 2004.

FINESTRALI, M.; GARRIDO, I. L. Uso de referências da identidade cultural brasileira no marketing internacional de produtos e marcas de luxo. Revista de Administração FACES Journal, Belo Horizonte, vol. 9, no. 3, p. 57-76, jul/set. 2010.

FLICK, U. Introdução à Pesquisa Qualitativa. 3. Ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FREYRE, G. Casa-grande & Senzala: formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. 30ª ed. Rio de Janeiro: Record, 1995.

______. Modos de Homem & Modas de Mulher. 2ª Ed. São Paulo: Global, 2009.

GEREFFI, G., MEMEDOVIC, O. The Global Apparel Value Chain: What Prospects for Upgrading by Developing Countries? Viena: UNIDO - United Nations Industrial Development Organization, p. 1-40, 2003.

GILL, R. Análise de Discurso. In: A construção do corpus: um princípio para a coleta de dados qualitativos. In: BAUER, M.; GASKELL, G. (ed.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um guia prático. Petrópolis: Vozes, 2002.

GIRALDI, J. M. E.; TORNAVOI, de C. D. A Importância da imagem do País de Origem na Internacionalização de Produtos Brasileiros. Caderno de Pesquisas em Administração. São Paulo, vol. 11, no. 4, p. 43-57, out/dez. 2004.

______. O uso da informação sobre o país de origem como fonte de vantagem competitiva nos mercados externos. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, vol. 6, no. 1, p. 129-156, 2005.

GIRALDI, J. M. E.; IKEDA, A. A., CAMPOMAR, M. C. Reasons for country image evaluation: A study on China image from a Brazilian perspective. Database Marketing & Customer Strategy Management. vol. 18, no. 2, p. 97-107, 2011a.

GIRALDI, J. M. E.; GIRALDI, I. M. E.; SCADUTO; A. A. Brazil´s image as social representation process. African Journal of Business Management. vol. 5, no. 22, p. 8821-8831, 2011b. DOI: 10.5897/AJBM10.1510

GUERCINI, S.; RANFAGNI, S. Integrating country-of-origin image and brand image in corporate rebranding: the case of China. Marketing Intelligence & Planning, vol. 31, no. 5, p. 508–521, 2013. DOI: 10.1108/MIP-04-2013-0058.

GÜRHAN-CANLI; Z.; MAHESWARAN, D. Cultural Variations in Country of Origin Effects. Journal of Marketing Research. vol. 37, no. 3, p. 309-317, 2000. DOI: http://dx.doi.org/10.1509/jmkr.37.3.309.18778

HAKALA, U.; LEMMETYINEN, A., KANTOLA, S. Country image as a nation-branding tool. Marketing Intelligence & Planning, vol. 31, no.5, p.538-556, 2013. DOI: 10.1108/MIP-04-2013-0060.

ITTERSUM, K. V.; CANDEL, M. J. J. M.; MEULEMBERG, M. T. G. The influence of the image of a product’s region of origin on product evaluation. Journal of Business Research, vol. 56, no 3, p. 215-226, 2003. DOI: 10.1016/S0148-2963(01)00223-5.

KIKUCHI, C. Y.; SILVA, T. L. Arte, design e sustentabilidade no processo de diferenciação dos produtos de moda. In: COLÓQUIO NACIONAL DE MODA , 7., 11-14 set. 2011, Maringá. Anais Eletrêonicos... Maringá: Colóquio de Moda, 2011. CD-ROOM.

KOTLER, P.; GERTNER, D. Country as brand, product, and beyond: a place marketing and brand management perspective. Journal of Brand Management. vol. 9, no.4, p. 249-261, April 2002. DOI:10.1057/palgrave.bm.2540076

KOTLER, P.; HAIDER, D.H.; REIN, I. Marketing Places: attracting investment, industry, and tourism to cities, states and nations. New York: Free Press; 1993.

KVALE, S. Interviews: an introduction to qualitative research interviewing. Thousand Oaks California, CA: Sage, 1996.

AMBIN, J. J. Marketing Estratégico. 4a. Ed, Lisboa: McGraw-Hill, 2000.

LEITÃO, D. K. O Brasil é uma paisagem: moda, nação, identidades e outras invenções. Iara – revista de Moda, Cultura e Arte. São Paulo, vol. 2, no. 2, p. 139-163, out/dez. 2009.

LUCAS, M. C de L. Que rua é essa? Um passeio (não registrado) pelo vestir mestiço brasileiro. Iara – Revista de Moda, Cultura e Arte. São Paulo, vol. 3, no. 1, ago. 2010.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E.M. Fundamentos da metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARIUTTI, F. G.; GIRALDI, J. M. E. The Communication Strategies for the Brazil Brand in the United States of America. Revista de Globalizacion, Competitividad y Gobernabilidad, vol. 7, no. 1, p. 30-40, 2013. DOI: 10.3232/GCG.2013.V7.N1.02

MARTINS, P. H. Cultura autoritária e aventura da brasilidade. In: BURITY, J. A (org.). Cultura e Identidade: perspectivas interdisciplinares. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

______. Brasilidade como estratégia de construção de identidade nas coleções da marca Fórum. In: COLÓQUIO NACIONAL DE MODA, 5., 27-30 set. 2009, Recife. Anais Eletrônicos... Recife: Colóquio de Moda, 2009. CD-ROOM.

MESSIAS, E. M. Brasilidade como estratégia de construção de identidade nas coleções da marca Fórum. In: COLÓQUIO NACIONAL DE MODA, 5., 27-30 set. 2009, Recife. Anais Eletrônicos... Recife: Colóquio de Moda, 2009. CD-ROOM.

______. Brasilidade como estratégia de construção de identidade nas coleções da marca Fórum. In: COLÓQUIO NACIONAL DE MODA, 5., 27-30 set. 2009, Recife. Anais Eletrônicos... Recife: Colóquio de Moda, 2009. CD-ROOM.

MINISTÉRIO DO TURISMO, GOVERNO FEDERAL (Brasil). Manual de uso 2010 – Marca Brasil. 2010. Disponível em: Acesso em: 06 fev 2014.

MORACE, F. A globalização e o futuro brasileiro. In: DALPRA, P. (org.). DNA Brasil: Tendências e conceitos emergentes para as cinco regiões brasileiras. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2009.

NEBENZAHL, I. D.; JAFFE, E. D.; USUNIER, J. C. Personifying Country of Origin Research. Management International Review, vol. 43, no. 4, p. 383-406, 2003.

NEIRA, Luz Garcia. A invenção da moda brasileira. Caligrama – Revista de estudos e pesquisas em linguagem e mídia. São Paulo, vol. 4, no 1, jan/abr. 2008.

NISS, H. Country of origin marketing over the product life cycle. European Journal of Marketing. vol. 30, no.3, p. 6-22, 1995. DOI: 10.1108/03090569610107409.

ORSATO, R. J. Competitive Environmental Strategies: When does it pay to be Green? California Management Review. vol. 48, no. 2, p. 127-143, winter 2006.

ORTIZ, R. Cultura brasileira e identidade nacional. 5ª ed. São Paulo: Brasiliense, 2006.

PORTER, M. E. Vantagem Competitiva: Criando e sustentando um desempenho superior. Rio de Janeiro: Elsevier, 1989.

RAMAMURTI, R. What is really different about emerging market multinationals? Global Strategy Journal. vol. 2, no. 1, p. 41-47, 2012. DOI: 10.1002/gsj.1025

ROTH, K.; DIAMANTOPOULOS, A. Advancing the country image construct. Journal of Business Research. vol. 62, no. 7, p. 726-740, 2009. DOI: 10.1016/j.jbusres.2008.05.014

RYBALOWSKI, T. M. Detalhes tão pequenos. In: FEGHALI, M.; SCHMID, E. (orgs.). O Ciclo da Moda. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Senac Rio, 2008.

SABRÁ, F. G. C. Potencialidades do design de moda brasileiro para a internacionalização. In: COLÓQUIO DE MODA, 6., 12 - 15 set. 2010, São Paulo. Anais Eletrônicos... São Paulo: Colóquio de Moda, 2010. CD-ROOM.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. F.; LUCIO, P. B. Metodologia de pesquisa. 3.ed. São Paulo: McGraw-Hill. 2006.

SEBRAE/NA. Cara Brasileira: a brasilidade nos negócios – um caminho para o “made in Brazil”. Brasília: SEBRAE NACIONAL, 2002. Disponível em: http://www.iets.inf.br/biblioteca/Cara_brasileira.pdf Acesso em: 06/04/2012.

SCHOOLER, R. D. Product Bias in the Central American Common Market. Journal of Marketing Research. vol. 2, p. 394-97, nov. 1965.

TOLEDO, G. L.; ANSELMO, E. Estratégia de Crescimento e Estratégia Competitiva- um estudo de caso sobre a evolução dos conceitos em uma empresa metalúrgica. In: SEMINÁRIO EM ADMINISTRAÇÃO – SemeAd, 6., 2003, São Paulo. Anais... São Paulo: SEMEAD, 2003.

USUNIER, J. C. Relevance in business research: the case of country-of-origin research in marketing. European Management Review, vol. 3, no. 1, p. 60-73, 2006. DOI: 10.1057/palgrave.emr.1500049.

VILLAÇA, N. Brasil: da identidade à marca. Revista FAMECOS. Porto Alegre, vol. 1, no. 33, p. 61-65, ago., 2007.

ZATTA, A. M.; CRISHNA, L.; MENEZES, M. dos S. A competitividade da indústria de moda brasileira no cenário internacional com ênfase no design e identidade nacional. In: COLÓQUIO DE MODA, 7., 11–14 de set. 2011, Maringá. Anais Eletrônicos... Maringá: Colóquio de Moda, 2011. CD-ROOM.

WANG, C. L.; LI; D.; BARNES, B. R.; AHN, J. Country image, product image and consumer intention: Evidence from an emerging economy. International Business Review, vol. 21, no. 6 p. 1041-1051, dez., 2012. DOI: 10.1016/j.ibusrev.2011.11.010.

WEN-CHENG, W.; CHIEN-HUNG, L.; YING-CHIEN, C. Types of Competitive Advantage and Analysis. International Journal of Business and Management. vol. 6, no. 5, p. 100-104, may 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.18568/1980-4865.9275-93

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Internext

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

INTERNEXT (e-ISSN: 1980-4865)

ESPM | Escola Superior de Propaganda e Marketing 

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.


Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Cep: 04018-010 - e-mail: internext@espm.br

Indexadores e Diretório: