O marketing olfativo e o julgamento da qualidade do ambiente: um experimento em uma empresa de serviços de hospedagem

Laura Melo Miranda, Davi Arruda Araújo

Resumo


Este trabalho constitui em um experimento de aromatização de uma empresa com o aroma de lavanda. O objetivo foi analisar a relação entre o estímulo olfativo e a percepção dos indivíduos sobre a qualidade do ambiente após utilizar os serviços de hospedagem de uma empresa hoteleira. Estudos apontam que os estímulos olfativos provocam efeitos na percepção dos consumidores. Neste trabalho foi replicada a escala do julgamento da qualidade de Bellizze (1983). Foram realizadas análises estatísticas, descritivas e aplicadas com para testar a hipótese do experimento. Os resultados demonstraram que o estímulo olfativo impacta parcialmente a avaliação da qualidade do ambiente pelos consumidores.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/1980-4865.62165-187

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Internext

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

INTERNEXT (e-ISSN: 1980-4865)

ESPM | Escola Superior de Propaganda e Marketing 

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.


Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Cep: 04018-010 - e-mail: internext@espm.br

Indexadores e Diretório: