Estratégias genéricas: um estudo evolutivo e comparativo de três visões

Sidney Chaves, Thiago Benedete, Edison Polo

Resumo


Este estudo analisa as visões de três consagrados autores sobre o tema estratégias genéricas, comparando sua evolução ao longo do tempo. Para realizar esta comparação, tomou-se como base duas obras distintas de cada autor e destaca-se a evolução na visão de cada um deles, conforme consta em cada uma das obras selecionadas. Os autores em questão são Ansoff, Miles et al. e Porter, responsáveis por três das mais difundidas tipologias de estratégias genéricas. Sob o ponto de vista cronológico, essas tipologias foram originalmente propostas entre 1965 e 1980 e revisitadas entre 1985 e 1988. Apesar do tempo transcorrido até os dias de hoje, estas tipologias ainda se mostram bastante atuais e perfeitamente aplicáveis à realidade presente das organizações de negócios. A contribuição deste estudo reside na exposição detalhada das principais características de cada tipologia analisada, fruto de minuciosa e criteriosa revisão bibliográfica.

Palavras-chave


Estratégia genérica;Estratégia empresarial;Planejamento estratégico; Generic strategy;Business strategy;Strategic planning

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18568/1980-4865.42101-118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Internext



INTERNEXT (e-ISSN: 1980-4865)

ESPM | Escola Superior de Propaganda e Marketing 

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.


Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Cep: 04018-010 - e-mail: internext@espm.br

Indexadores e Diretório: