Os impactos da globalização nas estratégias de marketing Brasileiras: os desafios da comunicação frente a este cenário

Denio Dias Arrais

Resumo


O presente artigo analisa os fatos históricos que influenciaram as ações mercadológicas a partir da década de 1980, onde há considerações das relações entre a propaganda e os inúmeros acontecimentos dentre eles sociais, culturais, econômicos e comunicacionais. Busca-se permear a identificação dos efeitos na elaboração da produção das estratégias de marketing e como foram conduzidos os discursos desses trabalhos. Não se pretende questionar se este ambiente trouxe malefícios ou benesses, mas sim apontar seus efeitos na comunicação e seus reflexos em particular na forma de divulgação de produtos, serviços ou idéias. A década de 1980, considerada pelos economistas como a década perdida; por apresentar resultados de desenvolvimento econômico pífio no Brasil, apresentou mesmo assim, considerável ebulição cultural e comunicacional. Este período da “maturidade” e da consolidação da aldeia global, cujo alcance de tal estágio evolutivo de interação entre povos deveu-se pela comunicação de massa e, por que não dizer, com considerável suporte da propaganda. Artífices de seu tempo os profissionais de marketing e publicidade criaram “inebriados” e inspirados neste ambiente. Convencionou-se chamar este cenário de globalização.

Palavras-chave


Marketing; Comunicação; Propaganda; Estratégia; Globalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18568/1980-4865.32235-249

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Internext



INTERNEXT (e-ISSN: 1980-4865)

ESPM | Escola Superior de Propaganda e Marketing 

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.


Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Cep: 04018-010 - e-mail: internext@espm.br

Indexadores e Diretório: